Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

BB vai absorver Banco Popular, após R$ 144 mi em prejuízos

Por Ney Hayashi da Cruz, na Folha:O Banco do Brasil anunciou ontem que irá absorver as operações do Banco Popular, subsidiária do BB criada em 2003 para atender clientes de baixa renda. Na prática, isso significa o fim da instituição financeira que representou uma das primeiras iniciativas do governo Lula para democratizar o acesso a […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 19h30 - Publicado em 16 Maio 2008, 06h55
Por Ney Hayashi da Cruz, na Folha:
O Banco do Brasil anunciou ontem que irá absorver as operações do Banco Popular, subsidiária do BB criada em 2003 para atender clientes de baixa renda. Na prática, isso significa o fim da instituição financeira que representou uma das primeiras iniciativas do governo Lula para democratizar o acesso a serviços bancários, mas que deixa de existir sem nunca ter conseguido gerar lucros.
Toda a estrutura montada pelo Banco Popular será transferida para o BB e funcionará sob uma nova diretoria do banco, chamada de diretoria de Menor Renda. Os 81 funcionários do Banco Popular, todos eles cedidos pelo BB, voltam a seus empregos de origem.
Segundo o vice-presidente de Varejo e Distribuição do BB, Milton Luciano dos Santos, o objetivo é reunir numa mesma área do banco todas as operações com pessoas que têm renda mensal de até um salário mínimo, o que tornaria a atuação nesse segmento mais eficiente. Além de absorver o Banco Popular, a nova diretoria irá gerenciar correspondentes bancários e programas de desenvolvimento regional do BB.
Desde que iniciou suas operações, o Banco Popular acumulou R$ 144 milhões em prejuízos. No ano passado, as perdas foram de R$ 16 milhões. “Isso é o custo de aprendizado”, diz Santos, referindo-se à importância que a experiência acumulada no período teve para o banco.
Assinante lê mais aqui
Publicidade