Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Afinal de contas, onde estava o atual ministro dos Transportes no auge da sem-vergonhice?

Muitos apontarão exagero e exacerbação, mas entendo que o procedimento segue a lógica mais estrita. Leiam o que informa a Agência Brasil. Volto em seguida. DEM entrará com notícia-crime contra ministro dos Transportes O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), informou nesta quarta-feira, 17, que seu partido apresentará notícia-crime […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 31 jul 2020, 11h04 - Publicado em 17 ago 2011, 17h30

Muitos apontarão exagero e exacerbação, mas entendo que o procedimento segue a lógica mais estrita. Leiam o que informa a Agência Brasil. Volto em seguida.

DEM entrará com notícia-crime contra ministro dos Transportes

O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), informou nesta quarta-feira, 17, que seu partido apresentará notícia-crime no Ministério Público Federal contra o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. De acordo com o deputado, o objetivo da medida é fazer com que Passos preste esclarecimentos sobre sua conduta em relação às denúncias de corrupção que culminaram com a saída do ex-ministro Alfredo Nascimento.

Durante audiência pública da qual participou o ministro dos Transportes, ACM Neto disse que é “impossível” dissociar a participação de Passos das irregularidades levantadas nas denúncias. “Estamos dando entrada com essa notícia-crime, pedindo que seja examinada a atuação de Vossa Excelência à luz dos crimes da administração pública.”

Continua após a publicidade

Passos respondeu que sua atuação como secretário executivo do Ministério dos Transportes ocorreu “da melhor forma e com a maior integridade” e pediu que o deputado ouça representantes de vários partidos, tanto da atual legislatura quanto de legislaturas anteriores, para averiguar que sua conduta ética nunca foi questionada.

“Servi a vários governos, a vários partidos, e pergunte qual o reparo que há em minha conduta e em minha trajetória. Quero que o senhor [ACM Neto] traga aqui, se ela houver”, rebateu o ministro. O líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), saiu em defesa do ministro dos Transportes, afirmando que a notícia-crime é baseada em “ilações” e que não há provas contra Passos.

Comento
Notem que ser “segundo” em ministério não tem sido exatamente um bom negócio, menos nos Transportes. A consideração do deputado ACM Neto faz todo sentido. Então aquilo era uma verdadeira casa dos horrores — passado??? —, o homem era o número dois da pasta, e tudo fica por isso mesmo? Não dá para fazer de conta que Alfredo Nascimento, o defenestrado, não disse o que disse em seu discurso de posse no Senado: a grande elevação de gastos da Pasta se deu no ano eleitoral de 2010…

Muitos especulam se o próprio Passos não está na origem das denúncias, razão por que foi confirmado. Não vou especular a respeito das fontes dos jornalistas. Isso é coisa para desocupados. O fato é que, na condição de secretário-executivo, ele tinha mais condições de saber das miudezas do ministério do que tem hoje. E nunca viu nada de errado? Quando menos, sobra a suspeita de incompetência ou de passiva conivência.

Publicidade