Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Advogado que acusa Renan é surrado em Brasília

Por Expedito Filho, no Estadão desta terça: O advogado Bruno Lins, que virou personagem da crise do Senado envolvendo o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o lobista Luiz Carlos Garcia Coelho, foi surrado na madrugada de sábado, em Brasília, na boate Nix. No começo de setembro, reportagem da revista Veja afirmou que, segundo […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 20h22 - Publicado em 25 set 2007, 07h21
Por Expedito Filho, no Estadão desta terça:

O advogado Bruno Lins, que virou personagem da crise do Senado envolvendo o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o lobista Luiz Carlos Garcia Coelho, foi surrado na madrugada de sábado, em Brasília, na boate Nix. No começo de setembro, reportagem da revista Veja afirmou que, segundo Bruno, Luiz Carlos arrecadava dinheiro em ministérios comandados pelo PMDB, a mando de Renan. O caso transformou-se na quarta representação no Senado contra o senador, última a ser aceita no Conselho de Ética. Em boletim de ocorrência registrado na delegacia da Polícia Civil, Bruno acusou Robério Negreiros Filho de tê-lo espancado com ajuda de outros quatro homens, que seriam seguranças da empresa do pai do agressor, a Brasfort. Robério é namorado de Flávia Garcia Coelho – filha de Luiz Carlos, ex-mulher de Bruno e assessora parlamentar de Renan. Na versão apresentada na delegacia, Bruno disse que foi agredido com socos e pontapés no rosto.Laudo do Instituto Médico Legal (IML), para onde foi encaminhado, teria constatado traumatismo craniano leve e obstrução da visão direita, provocados pelos socos.
Assinante lê mais aqui

Publicidade