Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Zilda Arns e número 2 da Minustah também

Zilda Arns, coordenadora da Pastoral da Criança, morta no terremoto do Haiti em janeiro, foi promovida com a mesma condecoração Grã-Cruz, o mais elevado dos graus. Outra vítima da tragédia, Luiz Carlos da Costa, o ex-número 2 da missão de paz da ONU naquele país, também foi agraciado com a ordem no mesmo grau.

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 15h33 - Publicado em 12 abr 2010, 09h31

Zilda Arns, coordenadora da Pastoral da Criança, morta no terremoto do Haiti em janeiro, foi promovida com a mesma condecoração Grã-Cruz, o mais elevado dos graus. Outra vítima da tragédia, Luiz Carlos da Costa, o ex-número 2 da missão de paz da ONU naquele país, também foi agraciado com a ordem no mesmo grau.

Publicidade