Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Witzel tem dia decisivo na Alerj, que vota parecer do impeachment

Governador afastado do Rio terá vida dura nos últimos lances do processo no Legislativo fluminense

Por Robson Bonin - Atualizado em 17 set 2020, 16h58 - Publicado em 17 set 2020, 06h51

Nesta quinta, depois de muitos capítulos de uma nova crise política e policial, os deputados do Rio vão votar na comissão da Assembleia Legislativa o parecer do processo de impeachment de Witzel.

Foi um longo e, até aqui, nada emocionante processo, afinal, Witzel começou a luta pela sobrevivência na Alerj com as mesmas escassas chances atuais de não ser cassado pelo Legislativo fluminense.

O afastamento pela Justiça, a notícia de que usava sua mulher como laranja para receber propinas de fornecedores do governo e as delações que se seguiram na PGR deram ao eleitor do Rio a sensação de filme velho.

 

A reunião que inicia no fim da manhã é a largada formal dos últimos suspiros do governador da “nova política” que enveredou-se pelo que há de mais antigo nesse campo.

Dentro do governo, ele tinha instrumentos para tentar conquistar votos de deputados. Afastado, a coisa promete ser difícil. A conferir.

Continua após a publicidade
Publicidade