Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Witzel soube antes de citação a Bolsonaro no caso Marielle

Presidente foi citado por porteiro do condomínio onde mora no Rio, revelou o Jornal Nacional

Por Robson Bonin - Atualizado em 29 out 2019, 21h40 - Publicado em 29 out 2019, 21h16

Adversário político de Jair Bolsonaro, o governador do Rio, Wilson Witzel, soube com antecedência das provas colhidas pela polícia do Rio sobre o surgimento do nome do presidente na investigação do assassinato de Marielle Franco.

Na semana passada, segundo um interlocutor relatou ao Radar, o governador não escondia a euforia com os fatos revelados nesta terça-feira pelo Jornal Nacional.

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade
Publicidade