Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Witzel responde a críticas de Mourão: ‘Ligação foi de união’

Governador gravou telefonema para o vice-presidente sem avisá-lo de que estava no viva-voz

Por Mariana Muniz - Atualizado em 27 jan 2020, 14h41 - Publicado em 27 jan 2020, 12h49

O governador do Rio, Wilson Witzel, tomou uma ensaboada do vice-presidente, Hamilton Mourão, mais cedo por ter gravado e divulgada uma conversa telefônica com ele sem o devido consentimento. Mourão reagiu à gravação de Witzel dizendo que o governador “esqueceu” da ética e da moral.

Climão instalado, o governador do Rio voltou a divulgar um vídeo para responder ao vice. Na nova fala, gravada enquanto sobrevoa áreas atingidas pelas fortes chuvas, o governador diz que o telefonema a Mourão foi para “demonstrar união de todos aqueles preocupados com aquela tragédia e dar satisfação para o povo de que o governador do estado está pedindo apoio à União “.

O episódio que irritou Mourão se deu no domingo. Witzel divulgou nas redes o vídeo no qual pede apoio do governo federal para reparar os estragos causados pela chuva no estado.

No novo vídeo, Witzel não comentou o fato de a gravação ter sido feita sem o consentimento de Mourão. Aliados do governador atribuem a gravação ao comportamento “desastrado” do político.

Publicidade