Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Virgem arrependida

No mesmo discruso, Jair Bolsonaro perdeu as estribeiras ao se referir à titular da Secretaria de Direitos Humanos, ministra Maria do Rosário. O mola propulsora para a baixaria foi, claro, uma ação do governo federal em benefício de lésbicas, gays, bissexuais e travestis e transsexuais. Bolsonaro descascou o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 07h37 - Publicado em 18 out 2012, 13h22

Alvo da fúria de Bolsonaro

No mesmo discruso, Jair Bolsonaro perdeu as estribeiras ao se referir à titular da Secretaria de Direitos Humanos, ministra Maria do Rosário. O mola propulsora para a baixaria foi, claro, uma ação do governo federal em benefício de lésbicas, gays, bissexuais e travestis e transsexuais.

Bolsonaro descascou o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT, uma cartilha com ações e diretrizes elaborada em conjunto por representantes de ministérios.

– Quem conduz esse trabalho não é mais o MEC, é a secretária Maria do Rosário, aquela que está chorando a todo momento, com aquela cara de freira arrependida, virgem arrependida.

Continua após a publicidade

Publicidade