Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vídeo: Recado que já foi para Lula agora é aplicado por Moro a Bolsonaro

O mais novo bombardeio do ex-ministro contra o presidente vem com lembrete: ‘Ninguém está acima da lei’

Por Robson Bonin Atualizado em 24 Maio 2020, 11h32 - Publicado em 24 Maio 2020, 11h31

Em sua cruzada para mostrar o que Jair Bolsonaro virou na cadeira de presidente da República, Sergio Moro divulgou neste domingo o trecho de um discurso de formatura feito por ele na Universidade de Notre Dame, Indiana, nos Estados Unidos, em 2018.

O texto, naqueles idos, era direcionado inevitavelmente a Lula e o PT. Agora, no entanto, serve de figurino a Bolsonaro e também é a forma de Moro dizer que sempre esteve no lugar em que está hoje.

O pedaço escolhido por Moro é uma sequência de estocadas em Bolsonaro, que tentou usar seu poder para colocar a Polícia Federal a serviços dos seus interesses pessoais, reforçando o trabalho de inteligência, nas palavras do presidente, “do meu pessoal”.

“Nunca esqueçam de agir com integridade e virtude em suas vidas privadas e públicas”, diz Moro. “Nunca desistam da virtude e da Integridade de seus governantes. Não se esqueça os pilares de nações democráticas. O que é ‘Rule of law’. Isso significa que todo mundo tem direitos iguais perante a proteção da lei. Neste caso, para proteger os mais vulneráveis, mas também significa que ninguém está acima da lei”, segue Moro.

O ex-ministro lembra, naquele discurso, que a democracia é um governo feito por leis. “Essa lição não serve apenas para o Brasil, mas para democracias maduras”, diz.

“A democracia se acaba quando os cidadãos viram as costas para questões públicas. Quando cidadãos param de se preocupar se o seu governo trabalha para o bem comum ou para interesses especiais”, afirma o ex-ministro.

 

Continua após a publicidade
Publicidade