Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vídeo: a campanha do governo para tirar o povo de casa na pandemia

Peça publicitária faz parte da campanha "O Brasil não pode parar", na contramão da orientação de isolamento social praticada no mundo

Por Evandro Éboli - Atualizado em 27 mar 2020, 08h18 - Publicado em 27 mar 2020, 08h02

Contra tudo que vem sendo defendido pelos cientistas e profissionais da saúde, chefes de Estado e organizações do mundo todo nessa guerra ao coronavírus, o governo de Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta nas redes a campanha “O Brasil não pode parar”, como mostrou o Radar, com recado claro de que a epidemia do coronavírus não pode prender a população ativa e com menos de 60 anos em casa. Todos devem voltar ao trabalho.

A versão preliminar de um vídeo com esse slogan está pronto pelo governo. Dura um minuto e meio. A peça estimula uma série de categorias profissionais a voltar ao trabalho num clima de quase terrorismo.

E vai repetindo o bordão “O Brasil não pode parar”. Citam 40 milhões de brasileiros autônomos, ambulantes, feirantes, engenheiros arquitetos e professores, entre outras. Também se refere aos servidores da saúde  e ao coronavírus.

“Para milhões de pacientes das mais diversas doenças e os heroicos profissionais de saúde que deles cuidam/ para os brasileiros contaminados pelo coronavírus/ para todos q dependem de atendimento e da chegada de remédios e de equipamentos/ o brasil não pode parar”.

Continua após a publicidade
Publicidade