Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vídeo: a campanha do governo para tirar o povo de casa na pandemia

Peça publicitária faz parte da campanha "O Brasil não pode parar", na contramão da orientação de isolamento social praticada no mundo

Por Evandro Éboli Atualizado em 27 mar 2020, 08h18 - Publicado em 27 mar 2020, 08h02

Contra tudo que vem sendo defendido pelos cientistas e profissionais da saúde, chefes de Estado e organizações do mundo todo nessa guerra ao coronavírus, o governo de Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta nas redes a campanha “O Brasil não pode parar”, como mostrou o Radar, com recado claro de que a epidemia do coronavírus não pode prender a população ativa e com menos de 60 anos em casa. Todos devem voltar ao trabalho.

A versão preliminar de um vídeo com esse slogan está pronto pelo governo. Dura um minuto e meio. A peça estimula uma série de categorias profissionais a voltar ao trabalho num clima de quase terrorismo.

E vai repetindo o bordão “O Brasil não pode parar”. Citam 40 milhões de brasileiros autônomos, ambulantes, feirantes, engenheiros arquitetos e professores, entre outras. Também se refere aos servidores da saúde  e ao coronavírus.

“Para milhões de pacientes das mais diversas doenças e os heroicos profissionais de saúde que deles cuidam/ para os brasileiros contaminados pelo coronavírus/ para todos q dependem de atendimento e da chegada de remédios e de equipamentos/ o brasil não pode parar”.

Continua após a publicidade
Publicidade