Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vereadora do Rio processa membro do PSOL por injúria racial

Teresa Bergher afirma ter sido chamada de 'nazi-sionista'

Por Ernesto Neves Atualizado em 29 ago 2018, 12h15 - Publicado em 29 ago 2018, 10h44

A 20 vara criminal do tribunal de justiça do Rio aceitou a queixa-crime contra vereador do Milton Temer (PSol) por injuria racial à também vereadora Teresa Bergher (PSDB).

A briga começou após Bergher protestar contra um texto em que Temer chamava Israel de estado “genocida e terrorista”.

Ele, então, chamou Teresa, que é judia, de “nazi-sionista”.

Temer agora terá dez dias para apresentar defesa.

Continua após a publicidade
Publicidade