Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Venda de álcool em gel cresce 185% na esteira da pandemia

Agravamento da crise, que matou 77 pessoas no Brasil, motivou o aumento na procura dos produtos; saída de máscaras cresceu 174%

Por Robson Bonin 27 mar 2020, 15h33

Dados do aplicativo Farmácias APP, que comercializa na internet produtos de saúde e beleza, mostra que, na esteira da pandemia de coronavírus, as vendas de máscaras e álcool em gel cresceram 174% e 185%, respectivamente, entre janeiro e fevereiro, em relação ao mesmo período de 2019.

Em janeiro, segundo o levantamento, os consumidores estavam mais preocupados em comprar máscaras. Com a evolução da crise, a venda de álcool em gel explodiu e assumiu a liderança nas buscas dos consumidores.

Nesta quinta, o Brasil registrou 77 mortes e 2.915 casos de coronavírus.

Publicidade