Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Valor recorde

O leilão de  arte contemporânea realizado hoje na Sotheby’s foi palco de um novo recorde: a tela Meu Limão, de Beatriz Milhazes, foi vendida por 2,1 milhões de dólares. É o quadro mais caro de um artista plástico brasileiro vivo já vendido. Bateu o recorde anterior, registrado em fevereiro de 2011, Parede com Incisões a […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 07h25 - Publicado em 14 nov 2012, 18h53

“Meu Limão”: o mais valioso

O leilão de  arte contemporânea realizado hoje na Sotheby’s foi palco de um novo recorde: a tela Meu Limão, de Beatriz Milhazes, foi vendida por 2,1 milhões de dólares. É o quadro mais caro de um artista plástico brasileiro vivo já vendido.

Bateu o recorde anterior, registrado em fevereiro de 2011, Parede com Incisões a la Fontana, de Adriana Varejão, que foi arrematado em leilão da Christie’s por 1,1 milhão de libras, 2,971 milhões de reais na ocasião.

Publicidade