Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vale a pena acordar

Tem tudo para transcorrer na mais alta temperatura a audiência pública na Comissão de Meio Ambiente do Senado com a presença do presidente da Agência Nacional de Águas, Vicente Andreu Guillo, e do secretário-executivo do ministério da Integração, Irani Ramos, na quarta-feira de manhã. A reunião é o palco perfeito para uma das batalhas eleitorais […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h45 - Publicado em 2 jun 2014, 12h21
No centro do embate

No centro do embate

Tem tudo para transcorrer na mais alta temperatura a audiência pública na Comissão de Meio Ambiente do Senado com a presença do presidente da Agência Nacional de Águas, Vicente Andreu Guillo, e do secretário-executivo do ministério da Integração, Irani Ramos, na quarta-feira de manhã.

A reunião é o palco perfeito para uma das batalhas eleitorais que se anunciam: as consequências da estiagem que vem minguando os reservatórios do país.

A base aliada tentará empurrar o assunto para a grave situação de São Paulo, enquanto a oposição vai bater na política do governo federal para o setor de energia.

Mas a troca de pedradas só ocorrerá se as excelências estiverem dispostas e alterar a rotina e chegarem ao Senado no horário em que boa parte dos trabalhadores brasileiros já está pegando no pesado. A audiência pública está marcada para 7h30 da manhã…

Continua após a publicidade
Publicidade