Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Urnas eletrônicas e Garotinho

Um hacker que se diz capaz de fraudar a votação eletrônica foi apresentado em seminário do PR do Rio de Janeiro na semana passada. O menino de 19 anos afirma – sem apresentar provas, ressalte-se – que houve mudanças de resultados eleitorais este ano em municípios do interior fluminense para favorecer o PMDB. E por […]

Sem comentários até agora

Um hacker que se diz capaz de fraudar a votação eletrônica foi apresentado em seminário do PR do Rio de Janeiro na semana passada. O menino de 19 anos afirma – sem apresentar provas, ressalte-se – que houve mudanças de resultados eleitorais este ano em municípios do interior fluminense para favorecer o PMDB.

E por que Anthony Garotinho, cacique do PR-RJ, e sua filha Clarissa se mantêm calados sobre o caso? Simples. Por trás do hacker está o delegado Alexandre Neto, policial responsável por denúncias de corrupção envolvendo Garotinho e seu ex-chefe de Polícia, Álvaro Lins.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s