Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Unidos pela crise

Além de espantar investimentos e enxugar vagas de emprego, a crise econômica é capaz de promover milagres. Exemplo disso é a união de centrais sindicais como CUT e Força Sindical ao Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (Sinicon), que reúne as grandes construtoras, em torno de uma agenda em comum. Gregos e troianos do […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 00h46 - Publicado em 6 ago 2015, 19h29
construção

Construção perdeu 500 000 empregos em 2014

Além de espantar investimentos e enxugar vagas de emprego, a crise econômica é capaz de promover milagres. Exemplo disso é a união de centrais sindicais como CUT e Força Sindical ao Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (Sinicon), que reúne as grandes construtoras, em torno de uma agenda em comum.

Gregos e troianos do setor da construção planejam um seminário no fim de setembro. A ideia é sensibilizar o governo de que a saída para a superação da crise passa por obras de infraestrutura. A construção perdeu cerca de meio milhão de postos de emprego no ano passado.

Publicidade