Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Um esqueleto da Lava-Jato reaparece na crise

Meire Pozza, ex-contadora de Alberto Youssef, quer aproveitar o novo momento da Lava Jato para publicizar seu livro; mas ninguém se empolgou

Em meio ao furacão do vazamento de conversas da força-tarefa da Lava-Jato, um esqueleto da operação animou-se a ressurgir.

Meire Pozza, a ex-contadora do doleiro Alberto Youssef, que colaborou com as investigações e depois acabou presa por fraudes em fundos de pensão municipais, procurou editores em São Paulo para tentar lançar uma nova campanha de publicidade em torno do livro em que ela revelou mensagens de WhatsApp trocadas com investigadores da Lava-Jato.

O movimento, no entanto, não convenceu ninguém a resgatar o tema agora.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s