Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

TSE suspeita que dados vazados hoje são de ataque virtual antigo

Luís Roberto Barroso anunciou que tribunal foi alvo de investida hacker

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 15 nov 2020, 17h14 - Publicado em 15 nov 2020, 16h47

Luís Roberto Barroso informou na coletiva de imprensa há pouco que houve uma tentativa de invasão dos sistemas do TSE. De acordo com o ministro, entretanto, os hackers não obtiveram sucesso.

Paralelamente, também hoje, começaram a pipocar pela internet dados internos do tribunal. Ato contínuo, desconfiou-se de que seriam provenientes da tal investida anunciada por Barroso como mal sucedida.

Ao que tudo indica, uma coisa não tem a ver com a outra.

O TSE suspeita de que os tais dados vazados ao longo do dia foram surrupiados do tribunal durante um ataque antigo.

Nele, os hackers tiveram acesso a informações da burocracia da corte, tais como lotação e frequência dos servidores e ministros, agendamentos de férias e licenças médicas.

Continua após a publicidade
Publicidade