Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Tropa de Moreira está tão insatisfeita com mudança no MME quanto o mercado

'Não sou de ter tropa de ocupação', diz o ministro para justificar o fato de deixar sua equipe para trás

Por Gabriel Mascarenhas 18 abr 2018, 13h11

A ida de Moreira Franco para o Ministério das Minas e Energia derrubou as ações da Eletrobras e aumentou o som da queixaria na Secretaria-Geral da Presidência, de onde ele saiu.

Moreira avisou que não pretende levar praticamente ninguém de sua antiga equipe para a nova casa. Seus auxiliares ficaram irados com o abandono.

Pelos corredores, o ministro justificava a decisão de deixar os seus para trás da seguinte maneira: “Não sou de ter tropa de ocupação”.

Já no ministério do Minas e Energia, ao saberem que Moreira estava para chegar, um exército de técnicos já bateu em retirada.

Continua após a publicidade
Publicidade