Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Tribunal despeja Witzel e família do Palácio Laranjeiras

Decisão é do tribunal formado por desembargadores e deputados que analisa processo de impeachment do governador afastado

Por Mariana Muniz 5 nov 2020, 15h14

O governador afastado do Rio, Wilson Witzel, terá que deixar o Palácio Laranjeiras, residência oficial dos governadores do estado. Apesar de estar afastado do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça desde agosto, o ex-juiz pode continuar morando no local. 

Mas por decisão do Tribunal formado por desembargadores e deputados que julga o seu impeachment — o chamado Tribunal Misto — Witzel e a família terão que deixar o palácio. Agora, é provável que ele volte para a sua casa, no bairro do Grajaú, na Zona Norte do Rio. 

Além de tirá-lo do palácio, o tribunal também decidiu pela continuidade do processo de impeachment e pela redução do salário que o governador continua recebendo. 

Publicidade