Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Todo cuidado é pouco

Até a tarde de quinta-feira, Dilma Rousseff decidira assistir à final da Copa das Confederações no Maracanã, no dia 30. Mas seu nome não seria anunciado pelo serviço de alto-falantes do estádio. Na sextafeira, na ressaca pós-protesto, a decisão ficou para a semana que vem.

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 05h56 - Publicado em 22 jun 2013, 09h34

Dilma: recolhida

Até a tarde de quinta-feira, Dilma Rousseff decidira assistir à final da Copa das Confederações no Maracanã, no dia 30. Mas seu nome não seria anunciado pelo serviço de alto-falantes do estádio. Na sextafeira, na ressaca pós-protesto, a decisão ficou para a semana que vem.

Publicidade