Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Theatro da Paz, em Belém (PA), reabre as portas após renovação

Fundada em 1878, casa com mil lugares foi a primeira erguida na Amazônia

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 20 ago 2021, 14h53 - Publicado em 20 ago 2021, 17h30

O Theatro da Paz, joia da arquitetura neoclássica em Belém do Pará, reabrirá as portas neste domingo depois de nove meses fechado para renovações. 

O teatro foi a primeira casa de espetáculos de grande porte construída na Amazônia durante o chamado ciclo da Borracha, no fim do século 19. 

Fundada em fevereiro de 1878, a casa tem mil lugares e foi inspirada no Teatro Scala de Milão, na Itália. Sua inauguração aconteceu 18 anos antes da de outro grande teatro da região Norte, o Teatro Amazonas, em Manaus.  

O governo do Pará revitalizou a fachada e a calçada externa, promoveu o restauro dos forros das varandas, refez pinturas internas, reformou os pisos e adaptou os banheiros para acessibilidade de deficientes. Também foram reformados os sistemas elétrico e de incêndio. O antigo café no interior do teatro e os vestiários dos artistas também passaram por restaurações. 

Neste domingo começa uma programação de 10 dias de espetáculos e tour pelas instalações com entrada franca do público. Serão distribuídos 300 ingressos todo dia duas horas antes dos espetáculos começarem mediante doação de um quilo de alimento não perecível. 

No domingo, a casa abre às 20h junto com a inauguração de um novo sistema de iluminação e uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz em homenagem aos profissionais de saúde que lutam na linha de frente contra a Covid-19. 

Continua após a publicidade

Publicidade