Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em tese, Witzel se ‘une’ a Lula contra ativismo judicial

Intervenção do Judiciário foi tema de doutorado do governador do Rio

Por Mariana Muniz Atualizado em 6 jan 2020, 07h02 - Publicado em 6 jan 2020, 06h01

Quem poderia acreditar que Wilson Witzel, ex-magistrado, já cerrou fileiras com o ex-presidente Lula contra o ativismo da Justiça brasileira. Pois foi o que aconteceu na tese de doutorado do governador do Rio de Janeiro, entregue neste dezembro ao Departamento de Ciência Política da Universidade Federal Fluminense (UFF).

O ex-juiz cita o caso da impugnação do ex-presidente Lula para o cargo de ministro-chefe da Casa Civil pelo STF como exemplo do que se costuma chamar de ativismo judicial – tema da pesquisa.

Segundo Witzel, o episódio, ocorrido em 2016, simboliza o que chamou de “interferência direta do Poder Judiciário em atos políticos da mais alta autoridade do País”.

Outro aspecto interessante do texto: referências ao sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, referência para o pensamento mais alinhado à esquerda.

Continua após a publicidade
Publicidade