Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Tem voto?

Arlindo Chinaglia e Eduardo Cunha vão aproveitar a posse de Dilma Rousseff para pedir votos. Cunha quer fazer um jantar à noite, em 1º de janeiro. Chinaglia faz um almoço no dia seguinte para quem ainda estiver em Brasília. O público-alvo de ambos serão os deputados de primeiro mandato.

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 02h24 - Publicado em 30 dez 2014, 17h56
Cunha e Chinaglia: campanhas em meio à posse

Cunha e Chinaglia: campanhas em meio à posse

Arlindo Chinaglia e Eduardo Cunha vão aproveitar a posse de Dilma Rousseff para pedir votos.

Cunha quer fazer um jantar à noite, em 1º de janeiro. Chinaglia faz um almoço no dia seguinte para quem ainda estiver em Brasília.

O público-alvo de ambos serão os deputados de primeiro mandato.

Publicidade