Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

TCU desiste de medida cautelar contra mudanças nos portos

Alterações teriam favorecido empresas ligadas ao presidente Michel Temer

O Tribunal de Contas da União desistiu de entrar com medida cautelar contra mudanças na legislação dos portos feitas pelo Ministério dos Transportes.

A razão apresentada pelo órgão é o compromisso firmado pelo Ministério dos Transportes de que não se procederá à assinatura dos termos aditivos de adaptação contratual até que o Tribunal delibere sobre o assunto.

O TCU decidiu também realizar uma outiva com o ministério para que sejam apresentadas manifestações acerca dos indícios de irregularidades.

O Tribunal também autorizou que José Elaeres Marques Teixeira, Coordenador da 3ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal, acompanhe de perto o processo.

Em sua delação, o doleiro Lúcio Funaro afirmou que o presidente Michel Temer tem negócios com a empresas Rodrimar. E que, por isso, influenciou diretamente a aprovação da MP 595/13, conhecida como Medida Provisória dos Portos, para defender interesses de grupos ligados a ele.

A MP foi aprovada em maio de 2013.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s