Taxa de analfabetismo no Brasil é maior na Geração X | VEJA
Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Taxa de analfabetismo no Brasil é maior na Geração X

Entre os nascidos na chamada Geração Y (1983 a 1996) esse mesmo índice é de 16%

Por Pedro Carvalho 14 ago 2017, 12h30

A taxa de analfabetismo no Brasil é maior na Geração X, ou seja, entre aquele nascidos entre 1968 e 1982. De acordo com um levantamento inédito da UnitFour, 44% da população que nasceu nesse período não possui nenhum grau de instrução.

Entre os nascidos na chamada Geração Y (1983 a 1996) esse mesmo índice é de 16%.

Na outra ponta, a Geração X também possui o maior número de pessoas com Ensino Superior, totalizando 42%, contra 31% da Geração Y e 27% das demais gerações somadas. Porém, quando visualizamos o número de pessoas com nível de Mestrado, os que pertencem à Geração Y lideram, com 58%, em comparação com a Geração X (6%) e as demais somadas (36%).

Publicidade