Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Supremo preocupado

Ministros do Supremo expressaram preocupação, em conversas privadas, com o afã de Renan Calheiros e Eduardo Cunha em retaliar o Executivo. As peripécias da dupla foram tema de pelo menos duas conversas entre os ministros, fora do STF. Especificamente sobre o anteprojeto da Lei das estatais, que prevê uma ingerência maior do Congresso sobre as […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 01h12 - Publicado em 8 jun 2015, 09h23
Mello: alerta sobre risco de retaliação

Mello: alerta sobre risco de retaliação

Ministros do Supremo expressaram preocupação, em conversas privadas, com o afã de Renan Calheiros e Eduardo Cunha em retaliar o Executivo.

As peripécias da dupla foram tema de pelo menos duas conversas entre os ministros, fora do STF.

Especificamente sobre o anteprojeto da Lei das estatais, que prevê uma ingerência maior do Congresso sobre as empresas públicas e de sociedade de economia mista, diz Marco Aurélio Mello:

– Um Congresso que não é submisso é positivo, mas não pode haver retaliação. Tem que haver uma harmonia mínima entre os poderes. O anteprojeto deve ser analisado para se ter certeza de que não está se querendo manietar o Executivo.

Continua após a publicidade
Publicidade