Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Sua mensagem se autodestruirá em alguns segundos

Sumido desde que foi arrastado para as investigações sobre um esquema de propinas no Ministério do Planejamento, o ex-presidente da Câmara Marco Maia (PT-RS) reapareceu no aplicativo de mensagens instantâneas conhecido por permitir o envio de mensagens criptografadas, o Telegram –que também permite programar para que a mensagem seja excluída depois de lida.

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h59 - Publicado em 1 dez 2015, 13h56
Mais cuidado na troca de mensagens

Mais cuidado na troca de mensagens

Sumido desde que foi arrastado para as investigações sobre um esquema de propinas no Ministério do Planejamento, o ex-presidente da Câmara Marco Maia (PT-RS) reapareceu no aplicativo de mensagens instantâneas conhecido por permitir o envio de mensagens criptografadas, o Telegram –que também permite programar para que a mensagem seja excluída depois de lida.

Publicidade