Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

STJ tem dia decisivo para definir escolha do próximo ministro

Impasse se dá em torno da realização de sessão presencial ou online, em virtude da pandemia

Por Mariana Muniz Atualizado em 25 fev 2021, 11h25 - Publicado em 25 fev 2021, 07h29

O pleno do STJ decide nesta quinta-feira qual será o formato – se presencial ou por videoconferência – da sessão destinada
a discutir o preenchimento da vaga de ministro aberta com a aposentadoria do ministro Napoleão Nunes Maia Filho, em dezembro.

A tendência, segundo o Radar apurou, é que a maioria dos ministros votará pela sessão presencial.

O próximo ministro vai ocupar uma cadeira destinada aos desembargadores federais. A escolha caberá a Jair Bolsonaro, que terá que escolher um dos nomes de uma lista tríplice feita pelos integrantes do STJ que será apresentada a ele.

Na prática, se os ministros entenderem que a sessão tem que ser presencial, “congela” a vaga até a retomada da normalidade pós-vacinação. Nos bastidores, o comentário é que isso prejudica para quem está em campanha há mais tempo, dando espaço para que “novos” candidatos se apresentem.

Continua após a publicidade
Publicidade