Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

STJ julga processo contra João Doria nesta quarta

Ministros vão julgar se tornam o governador de São Paulo réu por ataques a militares durante um protesto

Por Mariana Muniz - Atualizado em 19 ago 2020, 21h56 - Publicado em 19 ago 2020, 12h25

Está na pauta de julgamentos da Corte Especial do STJ nesta quarta-feira uma queixa-crime contra o governador de São Paulo, João Doria. No caso, ele é acusado dos crimes de injúria e difamação por um episódio ocorrido em outubro de 2019.

Segundo a denúncia, o governador paulista se referiu a grupo de militares que protestavam durante um evento ocorrido em Taubaté, no interior do estado, como “vagabundos” e “canalhas” após ser chamado de “mentiroso”.

Depois do ocorrido, Doria chegou a se desculpar e disse que acabou se “excedendo”. Caso a queixa-crime seja recebida, o governador vira réu. O relator da ação é o ministro Og Fernandes.

ATUALIZAÇÃO, 21H50 — Os ministros da Corte Especial acabaram adiando a análise do processo contra o governador de São Paulo, que deve ser julgado na próxima reunião do colegiado. A PGR apresentou parecer pelo arquivamento do caso.

Continua após a publicidade
Publicidade