Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

STJ adia julgamento de recurso de Flávio Bolsonaro sobre ‘rachadinha’

Defesa do senador pede que sejam interrompidas as investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro

Por Mariana Muniz - Atualizado em 15 set 2020, 13h41 - Publicado em 15 set 2020, 13h27

Previsto para ser julgado nesta terça-feira pela Quinta Turma do STJ, o recurso em que a defesa do senador Flávio Bolsonaro pede para barrar as investigações sobre o suposto esquema de “rachadinhas” foi retirado de pauta pelo ministro Felix Fischer — relator do caso.

O Radar apurou que a retirada foi feita pelo próprio ministro, sem que tenha havido pedido dos advogados do senador. Com o adiamento, fica a cargo de Fischer pautar o recurso novamente para que ele seja julgado. O processo corre em sigilo.

O filho do presidente é investigado por suspeita de peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Publicidade