Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Startups avaliam marco legal do setor proposto por Bolsonaro

Presidente encaminhou projeto de lei ao Congresso na segunda-feira.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 22 out 2020, 09h08 - Publicado em 22 out 2020, 17h32

A Associação Brasileira de Startups é só alegria com o marco legal do setor enviado pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso na segunda-feira. Na expectativa da entidade, quando sancionada, a nova legislação vai beneficiar diversos setores do ecossistema, não se limitando às startups.

“Vão ser mudadas e definidas algumas diretrizes fundamentais, como, por exemplo as funções de um investidor anjo e qual papel ele pode desenvolver dentro da empresa investida; como tributar os ganhos de uma startup; a relação de trabalho estabelecida com os colaboradores”, observa José Muritiba, diretor-executivo da Abstartups.

Dentre as consequências esperadas, aponta a Abstartups, figuram a redução de custos e o reconhecimento e autonomia do setor.

Publicidade