Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Simulação de bomba’ na Câmara gera reclamação por falha de segurança

Turma do raio-x comeu bola ou algum funcionário deixou a mala na sala

Por Pedro Carvalho - 20 jun 2018, 13h36

Uma mala com uma “simulação de bomba”, deixada na comissão do agrotóxico na Câmara, gerou, em um primeiro momento, risos e piadas entre os presentes.

No momento que a mala começou a apitar, não houve tensão. O procedimento, então, foi feito por um dos assessores, que retirou a mala e entregou a um policial legislativo. Acharam, inclusive, que a maleta era dele.

Passado o ocorrido, a ficha começou a cair entre os que estavam presentes. Tem quem reclame de não ter havido nenhum procedimento de segurança ou coisa que o valha, como isolamento da área.

Para ter entrado na Câmara, a “piada” foi feita por algum funcionário… ou então, mais provável, a turma do raio-x comeu bola.

Continua após a publicidade

 

Publicidade