Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Setubal, Marina e a mediocridade

Os convidados para a festa dos 90 anos do Itaú, realizada ontem à noite na Sala São Paulo,  ainda não se refizeram do choque e ouvir Roberto Setubal dizer em seu discurso: – O Brasil está prestes a tomar um novo rumo com a eleição de Marina Silva para a presidência. Mais: disse que  o […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h09 - Publicado em 4 set 2014, 12h03
Setubal: murmúrios na plateia

Setubal: murmúrios na plateia

Os convidados para a festa dos 90 anos do Itaú, realizada ontem à noite na Sala São Paulo,  ainda não se refizeram do choque e ouvir Roberto Setubal dizer em seu discurso:

– O Brasil está prestes a tomar um novo rumo com a eleição de Marina Silva para a presidência.

Mais: disse que  o Brasil não aguenta mais a mediocridade.

Numa tacada, descartou Aécio Neves, inicialmente o candidato natural do sistema financeiro, e decretou a eleição terminada.

Falta ainda, no entanto, muito chão pela frente. De qualquer maneira, é fato raro, raríssimo, um empresário de grande porte se posicionar em público tão enfaticamente.

Na plateia, boa parte da elite brasileira, além de petistas como Eduardo Suplicy.

Continua após a publicidade
Publicidade