Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Sete nomes são chamados para depor no impeachment de Witzel

Lista foi encaminhada pelo deputado Luiz Paulo ao presidente do tribunal misto que julga afastamento do governador

Por Mariana Muniz Atualizado em 12 nov 2020, 22h01 - Publicado em 12 nov 2020, 22h00

O deputado estadual Luiz Paulo, um dos autores do pedido de impeachment contra Wilson Witzel (PSC) na Assembleia Legislativa do Rio, apresentou os nomes de sete pessoas para serem ouvidas pelo Tribunal Misto — que analisa o afastamento do governador.

A lista foi encaminhada ao presidente do tribunal misto, o desembargador Cláudio Mello, nesta quarta-feira. 

Do núcleo político, o parlamentar, que atua como promotor no caso, sugeriu a convocação do Pastor Everaldo, presidente do PSC, de Lucas Tristão, ex-braço-direito de Witzel no governo, do ex-subsecretário de Saúde Gabriell Neves e do ex-subsecretário Ramon Neves. 

Duas figuras ligadas às organizações sociais também foram arroladas por Luiz Paulo: Roberto Bertholdo, advogado do Iabas, e Luiz Roberto Martins Soares, da Unir.

Os depoimentos servem para a produção de prova testemunhal. No último dia 5, o tribunal misto decidiu, por dez a zero, pela continuidade do processo contra Witzel. 

Continua após a publicidade
Publicidade