Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

“Sensação de Justiça parcial feita”

Márcio Thomaz Bastos, que advoga para o ex-dirigente do Banco Rural José Roberto Salgado, elogiou a decisão de Joaquim Barbosa e disse que ela produz uma “sensação de Justiça parcial feita”. Para ele, seria uma “aberração muito grande” a prisão dos condenados antes do trânsito em julgado, ainda mais nesta época do ano. Diz Thomaz Bastos: – Eles […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 07h10 - Publicado em 21 dez 2012, 14h17

Barbosa negou o pedido de prisão

Márcio Thomaz Bastos, que advoga para o ex-dirigente do Banco Rural José Roberto Salgado, elogiou a decisão de Joaquim Barbosa e disse que ela produz uma “sensação de Justiça parcial feita”.

Para ele, seria uma “aberração muito grande” a prisão dos condenados antes do trânsito em julgado, ainda mais nesta época do ano. Diz Thomaz Bastos:

– Eles (os condenados do Banco Rural) estão acompanhando o noticiário e nós já avisamos da decisão. Agora eles estão tranquilos para passar o Natal com a família.

Continua após a publicidade

Publicidade