Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Senadores no escuro

Os senadores que conversaram com Ricardo Lewandowski ontem voltaram ao Senado desconfiados. Humberto Costa, Antonio Carlos Valadares e Vital do Rêgo passaram cerca de quarenta minutos com o relator do inquérito de Demóstenes Torres no STF. Durante a reunião, eles apresentaram uma série de argumentos para justificar o compartilhamento das provas da Operação Monte Carlo […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 09h04 - Publicado em 18 abr 2012, 11h33

Vai liberar os grampos?

Os senadores que conversaram com Ricardo Lewandowski ontem voltaram ao Senado desconfiados. Humberto Costa, Antonio Carlos Valadares e Vital do Rêgo passaram cerca de quarenta minutos com o relator do inquérito de Demóstenes Torres no STF.

Durante a reunião, eles apresentaram uma série de argumentos para justificar o compartilhamento das provas da Operação Monte Carlo com o Conselho de Ética do Senado, mas não receberam nenhum indicativo de que seriam atendidos nas suas reivindicações. Cauteloso, Lewandowski limitou-se a dizer que iria analisar os argumentos dos senadores. Nada além.

Depois do encontro, Costa adiantou-se a Lewandowski e garantiu no Senado que terá condições de elaborar seu relatório mesmo que o STF se recuse a fornecer as evidências contra Demóstenes.

Continua após a publicidade
Publicidade