Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Senado vota na terça projeto que moderniza mercado de câmbio

Proposto em 2019 pelo governo, PL foi aprovado pela Câmara em fevereiro

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 22 nov 2021, 12h26 - Publicado em 22 nov 2021, 12h29

O Senado pautou para esta terça-feira a votação do projeto de lei que pretende modernizar o mercado de câmbio no país. A proposta enviada ao Congresso em 2019 pelo governo federal tem o apoio do Banco Central. A matéria foi aprovada na Câmara em fevereiro deste ano. Caso seja aprovada no Senado, será enviada para a sanção do presidente.

Entre as mudanças, está a liberação para que instituições financeiras autorizadas pelo BC possam investir no exterior dinheiro de clientes captados no Brasil. Outras mudanças atingem o direito das pessoas físicas de movimentarem recursos em moeda estrangeira no país. Atualmente proibidas, a compra e a venda de moeda estrangeira entre pessoas físicas passará a ser permitida no limite de 500 dólares por transação.

A quantidade de dinheiro vivo que os brasileiros são permitidos carregar ao entrar ou sair do país também poderá ser maior, dos atuais 10.000 reais para 10.000 dólares– o que na cotação desta terça dá em torno de 55.800 reais. A justificativa é que os valores que vigoram atualmente foram definidos nos anos 1990 e estariam desatualizados.

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade