Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Sem dano moral

O dono de uma BMW que teve seu air bag inflado após passar num buraco bem que tentou falar sobre o memorável susto que levou e sobre os breves momentos de incerteza em relação a sua vida durante um suposto acidente, mas, o STJ entendeu que nenhum tipo de indenização por dano moral deve ser […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 07h10 - Publicado em 21 dez 2012, 12h28

Buracos na estrada

O dono de uma BMW que teve seu air bag inflado após passar num buraco bem que tentou falar sobre o memorável susto que levou e sobre os breves momentos de incerteza em relação a sua vida durante um suposto acidente, mas, o STJ entendeu que nenhum tipo de indenização por dano moral deve ser paga em tal situação.

Para o Tribunal, o disparo acidental do air bag realmente frusta as expectativas de quem comprou um carro de luxo, mas não causa vexame ou constrangimento, e sim um mero aborrecimento.

Apesar disso, o dono da BMW não saiu de mãos abanando de seu julgamento. Para o STJ, o carro deveria estar adaptado para andar nas esburacadas pistas brasileiras. Como não estava, ficou entendido que o veículo apresentava defeito e seu dono deve receber uma reparação por danos materiais de 12 000 reais.

Continua após a publicidade

Publicidade