Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Secretários de Educação rebatem grosserias de Weintraub sobre o Enem

Ministro disse que estados "vão ter que rebolar" para que ano letivo não seja perdido

Por Mariana Muniz 20 abr 2020, 16h17

Em resposta a declarações feitas pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, de que os estados vão “ter que rebolar” para que o ano letivo não seja perdido, secretários estaduais de educação de todo o país divulgaram uma nota afirmando que o adiamento da prova do Enem é “fundamental”.

Na carta, os secretários também afirmam que o Ministério da Educação (MEC) não tem apoiado os estados para garantir a aprendizagem dos estudantes durante a pandemia.  As declarações do ministro foram feitas em uma rede social. 

Os secretários também reforçaram a necessidade de ajuste no cronograma das aulas, “em benefício de nossos estudantes, especialmente os mais carentes das redes públicas, que estão sem as aulas presenciais neste período e com dificuldades quanto ao pedido de isenção e para inscrição para o exame”. 

https://platform.twitter.com/widgets.js

Continua após a publicidade

Publicidade