Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Secretário de Goiás descreve momentos finais da caçada a Lázaro

'Temos filmagens que vamos mostrar que ele estava armado', diz Rodney Miranda; criminoso também levava 4.400 reais no bolso

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 28 jun 2021, 12h21 - Publicado em 28 jun 2021, 12h02

O Secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, revelou há pouco como foram os momentos finais da caçada ao bandido Lázaro Barbosa, morto em confronto com a polícia nesta segunda.

Ele afirma que, no momento da captura, Lázaro estava armado e atirou contra os policiais.

Além da munição, o criminoso também tinha 4.400 reais no bolso, o que, segundo a força-tarefa, indica que ele estaria sendo acobertado por uma rede pessoas que podem estar associadas a uma “organização criminosa”.

“Temos filmagens que mostram que ele estava armado, foi para o mato, fizemos o cerco, ele tentou fugir e confrontou com a equipe. Nenhum policial foi ferido e, na hora da abordagem, ele descarregou a pistola em cima dos policiais e não tivemos outra alternativa se não revidar”, diz Miranda.

O secretário afirmou, ainda, que dará continuidade às investigações, atualmente focadas no empresário que teria abrigado Lázaro. A polícia também considera que ele poderia estar atuando como jagunço ou segurança.

“Agora sai a força intensiva e fica o trabalho investigativo, até a gente ir até o último envolvido nesse crime”, declarou Rodney Miranda.

Continua após a publicidade

Publicidade