Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Se Moro for candidato ao Planalto, um vice já está descartado

O ex-ministro deve decidir em novembro sobre a disputa eleitoral

Por Robson Bonin Atualizado em 12 out 2021, 14h27 - Publicado em 12 out 2021, 16h29

Começou a correr no meio político, em Brasília, uma teoria sobre uma possível candidatura de Sergio Moro ao Planalto tendo Alvaro Dias como vice. O senador do Paraná, segundo aliados, trata a conversa como diversionismo.

Se Moro for mesmo candidato — algo visto com desconfiança até mesmo dentro do Podemos –, será para formar chapa com outro nome forte da terceira via, daí as conversas com João Doria e Mandetta. Dias tende a disputar o Senado novamente.

O ex-ministro, como mostra o Radar nesta semana, já sondou políticos do antigo PSL para saber se terá apoios relevantes na empreitada. Moro deve ser cobrado a decidir seu futuro no dia 1º de novembro.

Ele tem uma vida estruturada como consultor privado nos Estados Unidos e precisa decidir se vai mesmo abandonar essa tranquilidade para mergulhar na guerra que será a disputa contra bolsonaristas e petistas em 2022.

Continua após a publicidade
Publicidade