Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Saúde deve fechar o ano com saldo positivo de mais de 100 mil empregos

Estimativa é da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde), que teme reforma tributária

Por Mariana Muniz - Atualizado em 16 out 2020, 10h42 - Publicado em 16 out 2020, 17h32

Apesar de todas as dificuldades com a pandemia, a saúde deve fechar o ano com um saldo positivo de mais de 100 mil empregos. Essa é a estimativa da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde).

Enquanto o Brasil registrou, de janeiro a agosto, um déficit de 850 mil empregos entre contratações e desligamentos, o segmento apresentou um saldo de 72.080 novos postos de trabalho.

Entretanto, o setor teme que esse cenário mude com a reforma tributária. Segundo a Confederação, a proposta do Governo pode elevar em 67% a carga tributária da saúde. O resultado será o fechamento de centenas de unidades e a redução dos postos de trabalho.

Publicidade