Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Saraiva anuncia fechamento de livrarias por causa do coronavírus

Sete unidades em SP, DF, MG e RS serão fechadas agora e outras 12 unidades correm risco de serem fechadas se custos não forem renegociados

Por Robson Bonin - Atualizado em 13 Maio 2020, 12h18 - Publicado em 13 Maio 2020, 12h12

Deric Guilhen, o diretor de negócios do grupo Saraiva, divulgou comunicado há pouco para anunciar a decisão da fechar sete lojas da rede por causa dos prejuízos causados com o fechamento das atividades na pandemia de coronavírus.

O grupo Saraiva fechará uma loja em Brasília, uma em Belo Horizonte, uma em Canoas, no Rio Grande do Sul, três em São Paulo e uma em São Caetano.

“Hoje compartilhamos a difícil notícia de que será necessário reduzir nosso número de lojas. Esse é um momento extremamente difícil de enfrentar e sabemos que impactará muitos que nos ajudaram a chegar até aqui. Mas precisamos ser racionais e buscar equalizar os custos”, registra Ghilhen.

Além das unidades fechadas, outras 12 lojas estão sob risco de “possível encerramento”, se os contratos em negociação para redução de custos não forem efetivados. A lista de possíveis fechamentos é formada por quatro lojas no Rio de Janeiro, uma Londrina (PR), duas em São Paulo, duas no Recife, uma em Porto Alegre, uma em Salvador e uma em Santo André (SP).

//Divulgação
Continua após a publicidade
Publicidade