Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ruralistas irritados com técnicos de Bolsonaro

Deputado estadual eleito pelo PSL-SP, Frederico D’Ávila critica tratamento dado ao Plano Safra na atual gestão

A insatisfação do setor do agronegócio com técnicos do Governo Bolsonaro e o Banco do Brasil já começou a dar as caras. A crítica é quanto ao tratamento que a nova gestão vem dando ao Plano Safra. A intenção do novo governo é reduzir os subsídios que garantem juros mais baixos no crédito rural, atingindo o Safra.

O deputado estadual Frederico d’Avila (PSL- SP) defende que a diminuição dos subsídios das taxas de equalização para o Setor Rural deve acontecer na medida em que a taxa de juros (Selic) se acomode em patamares civilizados.

“Não se pode pensar em juros livres, querendo que o Agro pague 9% ou 10% ao ano”, diz.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s