Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Rota Natal-SP

O flerte ensaiado pelo PT em direção ao PDT, que pode resultar em apoio do partido de Lula ao candidato que disputa o segundo turno contra o PMDB em Natal não desce na goela de Henrique Eduardo Alves. Depois de reiterar que: respeita qualquer decisão, está equilibrado, vai evitar rota de colisão com os aliados, […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 07h40 - Publicado em 10 out 2012, 16h45

Alves: comigo não, violão

O flerte ensaiado pelo PT em direção ao PDT, que pode resultar em apoio do partido de Lula ao candidato que disputa o segundo turno contra o PMDB em Natal não desce na goela de Henrique Eduardo Alves.

Depois de reiterar que: respeita qualquer decisão, está equilibrado, vai evitar rota de colisão com os aliados, não quer criar polêmica ou parecer que está chorando pitanga e etc, etc e etc, questiona:

– O PDT vai apoiar o Serra em São Paulo, disputa mais importante para o PT, e vai ganhar como prêmio o apoio em Natal, justamente contra o PMDB, que está com Haddad?

O resultado dessa confusão é o adiamento do anúncio do apoio do PMDB a Haddad, inicialmente marcado para hoje (leia mais em Anúncio adiado).

Continua após a publicidade
Publicidade