Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ronaldo Fenômeno organiza evento para traçar rumos do futebol mundial

WFS Live powered by Octagon vai reunir em julho os principais executivos do esporte para discutir os destinos depois da pandemia do novo coronavírus

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 11 maio 2020, 13h40 - Publicado em 11 maio 2020, 13h30

Executivos do futebol vão se reunir virtualmente em julho para discutir os rumos do esporte em um mundo pós-pandemia. Por trás da iniciativa está Ronaldo Fenômeno, sócio da Octagon Brasil. A empresa fechou parceria com a World Football Summit, plataforma líder em organização de eventos profissionais para a indústria do futebol.

“Em um cenário de muitos impactos sociais, econômicos, culturais e políticos da pandemia, o futebol também é fortemente afetado, e esse encontro me parece ainda mais relevante. O WFS Live terá, como sempre, a participação de gigantes do setor, mas com um alcance nunca antes imaginado – de casa, todos poderão acompanhar, contribuir e usufruir dessa grande rede de possibilidades”, explica Ronaldo.

ASSINE VEJA

Quarentena em descompasso Falta de consenso entre as autoridades e comportamento de risco da população transforma o isolamento numa bagunça. Leia nesta edição
Clique e Assine

Entre os dias 6 e 9 de julho, mais de 50 líderes internacionais vão abordar questões estratégicas como a obrigação de adaptar os estádios ao novo contexto sanitário, a necessidade de desenvolver ferramentas digitais para monetizar os fãs, as estratégias para aproveitar o crescimento dos eSports e desenvolver novos formatos de conteúdo que permitam reduzir a dependência da partida ao vivo.

O evento deve contar com as presenças de Fatma Samoura, secretária-geral da FIFA; Andrea Agnelli, presidente da Juventus e da Associação Europeia de Clubes; Peter Moore, CEO do Liverpool; e Javier Tebas, presidente da LaLiga.

Continua após a publicidade

Neste momento de crise do novo coronavírus, a proposta também quer ajudar as comunidades que sofrem um impacto maior. Por esse motivo, todas as receitas do projeto serão doadas integralmente para a Fundação Fenômenos, criada por Ronaldo em 2012 e que apoia projetos sociais, e para um fundo contra o coronavírus criado pela plataforma Common Goal.

Publicidade