Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Romero Jucá levou propina de quatro milhões de reais

Depoimentos de Marcelo Odebrecht, Carlos Fadigas e Cláudio Melo Filho citam o dinheiro ao senador

Por Da Redação - Atualizado em 11 abr 2017, 20h03 - Publicado em 11 abr 2017, 18h07

Na lista de Fachin, está o senador Romero Jucá, presidente do PMDB. O Ministério Público pediu abertura de inquérito contra Jucá com a suspeita de que ele recebeu popina em favor dos interesses da Odebrecht. De acordo com os delatores Marcelo Odebrecht, Cláudio Melo e Carlos Fadigas, Jucá levou quatro milhões de reais para aprovar a resolução 72 do Senado, objetivo da empresa. O ex-senador Delcidio Amaral também participou da ação e teria recebido 500 000 reais.

Collor recebeu 800 000 reais da Odebrecht

Renan Calheiros usou propina para financiar o filho

Lobão levou 5,5 milhões de reais da Odebrecht

Irmãos Viana, Tião e Jorge, levaram 2 milhões da Odebrecht

Kassab investigado pelo desvio de R$ 20 milhões

Continua após a publicidade
Publicidade