Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Rodrigo Maia cria agenda de Educação para neutralizar efeito Weintraub

Presidente da Câmara vai tratorar o ministro da Educação e ditar agenda do setor a partir da pauta do Legislativo

Por Nonato Viegas - Atualizado em 14 fev 2020, 13h21 - Publicado em 14 fev 2020, 12h21

Além de conduzir a agenda econômica no Congresso, Rodrigo Maia decidiu tomar as rédeas de outras áreas problemáticas no governo, como a Educação.

Já que Bolsonaro insiste no erro de manter Abraham Weintraub no MEC, Maia vai tratorar o ministro do guarda-chuva com a pauta da Câmara. “É uma posição minha e a de muitos brasileiros, que acham que a Educação precisa ter uma pessoa que compreenda melhor o tema e que foque nos problemas no mundo real, dos jovens, das crianças, da qualidade de ensino. É uma sinalização ruim para a sociedade. Mas vamos avançar”, diz.

A ideia é ampliar os recursos do Fundeb a estados e municípios, com foco em políticas de qualidade de ensino, e estabelecer ligações mais sólidas entre empresas e escolas.

“Na próxima semana vamos criar uma comissão especial do ensino profissionalizante, para a vinculação das empresas com o ensino médio para que os jovens possam ter experiências dentro no mercado. Temos, ainda, a modernização do menor aprendiz que também na próxima semana estará avançando”, diz Maia.

Publicidade

 

Publicidade