Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Roberto Dias acoberta gente graúda no governo, sugere Aziz na CPI

'O senhor sabe que fez um dossiê para se proteger. Sabemos onde está esse dossiê e com quem está', diz o senador ao ex-diretor da Saúde

Por Robson Bonin 7 jul 2021, 16h50

Depois de o Radar revelar nesta terça que o ex-diretor de Logística da Saúde Roberto Dias guardava documentos na Europa para se proteger no caso do propinoduto na compra de vacinas, o presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz, avançou no tema.

Durante o depoimento de Dias nesta quarta, Aziz foi direto. “A gente sabe de muita coisa e não quer fazer nenhum tipo de pré-julgamento, mas paciência tem limite. Te botaram numa encrenca muito grande, não foi você que entrou, alguém te botou, e você não está querendo falar à CPI”, disse o chefe da CPI.

Aziz foi além: “O senhor sabe que fez um dossiê para se proteger. Sabemos onde está esse dossiê e com quem está. Não vou citar nomes para não atrapalhar as investigações. O senhor recebeu várias ordens da Casa Civil por um e-mail, lhe pedindo para atender ‘gente nossa’. Foi durante o tempo todo em que Vossa Excelência estava nesse cargo.”

 

Continua após a publicidade
Publicidade